Lucro do Santander cresce 17% em 2019 e alcança R$ 14,5 bilhões


Filial brasileira divulgou resultados do quarto trimestre; lucro chegou a R$ 3,7 bilhões, avançando 9,49%; retorno sobre patrimônio bate 21,3%

Santander Brasil divulgou nesta quarta-feira (29) que o lucro líquido gerencial chegou a R$ 14,550 bilhões em 2019 – uma alta de 17,4% em relação a 2018. Com o desempenho, a participação do Brasil no lucro do grupo avançou de 26% para 28% em um ano.

No quarto trimestre de 2019, o lucro líquido gerencial do Santander Brasil foi de R$ 3,726 bilhões. A cifra representa uma alta de 9,43% em relação ao mesmo período do ano anterior, mas não supera a estimativa de R$ 3,820 apontada por analistas ouvidos pela Bloomberg.

A carteira de crédito ampliada da filial brasileira da instituição somou R$ 432,549 bilhões no período encerrado em dezembro – um aumento de 5,8% em relação ao terceiro. Em um ano, os empréstimos avançaram 11,8%, ao passo que o patrimônio líquido fechou em R$ 68,161 bilhões alta de 5,6%.

O retorno (ROE, na sigla em inglês) do Santander Brasil foi a 21,3% no quarto trimestre, melhora de 0,2 ponto porcentual em relação ao terceiro trimestre. A projeção de analistas era de 21,1%.

Segundo o banco, o balançou mais recente registrou o efeito da remensuração dos créditos tributários decorrente do aumento da alíquota de Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) de 15% para 20%, com a Reforma da Previdência. A medida gerou um ganho de crédito tributário de R$ 2,7 bilhões.

93 replies to this post

Deixe uma resposta