CQCS Insurtech & Innovation 2021 presencial traz muitas novidades


A edição presencial do CQCS Insurtech & Innovation foi confirmada e acontecerá nos dias 23 e 24 de novembro, em São Paulo. Além de ser o maior evento de inovação em seguros da América Latina, com palestrantes internacionais, esse ano, o encontro, que está em sua terceira edição, está com uma proposta completamente inovadora e diferenciada.

O objetivo é promover um evento inclusivo e responsável socialmente e sanitariamente. Para isso, uma das iniciativas será o “lixo zero”. Não haverá detritos gerados durante a realização do Innovation e aquilo que for inevitável gerar será pago em empréstimo de carbono.

A participação da PAE (Programa de Atendentes Eficientes), que encaminham jovens com necessidades especiais para fazer o atendimento de todo o público do evento,  também já está garantida. “Nossos amigos contam trabalhando duro lá, não apenas marcando presença, eles atendem muito bem nossos participantes”, explicou o fundador do CQCS e idealizador do evento, Gustavo Doria Filho.

No que diz respeito ao conteúdo, também há novidades a se contar. Este ano, um dos diferenciais será o fato de uma grande marca patrocinar a participação de empresas insurtechs que estão no começo da jornada para apresentar seus negócios aos congressistas.

Além do mais, o evento será híbrido, uma vez que, a princípio, os palestrantes internacionais farão suas palestras remotamente.”É um privilégio fazer um evento presencial, é uma inovação, hoje, fazer isso e será uma celebração da vitória sobre a pandemia”, finalizou Gustavo.

O evento contará também com  várias medidas de segurança em função da impermanência do momento. Dentre as ações estão a limitação da participação presencial em 1.000 participantes e a contratação do Dr. Antonio Bandeira, infectologista, para estruturação do protocolo de prevenção ao Covid-19 no evento. O Dr. Bandeira, dentre outras qualificações, é pós graduado na Johns Hopkins School of Public Health e fez parte do primeiro grupo a identificar a Zika no Brasil, inúmeros trabalhos publicados sobre Chikungunya, com documentação do primeiro caso de encefalite neonatal no Brasil e formação sólida em Epidemiologia.

Para mais informações sobre o evento acesse: https://cqcsinsurtech.com.br