Microsoft contrata ex-chefe da Siri para liderar Inteligência Artificial


É sempre uma verdadeira surpresa quando o funcionário de alto escalão de uma grande empresa a troca pela concorrência.

Nesta semana foi anunciado que Bill Stasior, que atuou na liderança da equipe Siri – da Apple – durante o período de seis anos e meio, trocou o seu posto para ingressar uma das principais concorrentes: a Microsoft. Lá, Stasior passa a ocupar o cargo de vice-presidente corporativo de tecnologia, e vai trabalhar com Kevin Scott, atual presidente da divisão. Os projetos que envolvem a dupla não foram anunciados.

De acordo com um relatório, Bill Stasior “trabalhará para ajudar a alinhar as estratégias tecnológicas em toda a empresa”. Isso poderia significar tanto uma revisão da assistente digital da Microsoft, a Cortana (que recentemente começou a desaparecer das ofertas de consumo da empresa), quanto algo totalmente diferente do esperado.

Bill Stasior ingressou na Apple cerca de um ano depois de a Siri ter sido lançada para o iPhone 4s e ajudado a transformar a equipe de engenharia com 70 pessoas para uma equipe com 1.100 integrantes (o que contou, ainda, com dez microempresas de tecnologia na Apple). Stasior também leva o crédito por trazer aprendizado de máquina moderna para Siri e Apple e liderar a equipe para expandir a presença da Siri para sete plataformas e mais de 30 idiomas.

A saída de Stasior da Apple foi divulgada em fevereiro deste ano. No entanto, seu currículo sugere que ele permaneceu na empresa até maio, possivelmente em uma função de consultoria. Essa não é a primeira vez que ele deixa uma grande empresa para ingressar outra, já que passou seis anos e meio liderando a equipe A9 da Amazon. As responsabilidades da equipe em questão envolviam o fornecimento dos principais serviços de busca, publicidade, personalização e reconhecimento de imagens usados ​​pela Amazon. Antes disso, Stasior estava envolvido em pesquisa e navegação com a Amazon e o AltaVista.

Deixe uma resposta