Hub de Inovação para conexões e linhas de crédito para MPEs


 

Se Pernambuco é reconhecido por ter um ecossistema voltado para tecnologia maduro, as conexões só se fortalecem. O Banco do Nordeste inaugura, na próxima quinta-feira, 13 de fevereiro, o Hub de Inovação no Porto Digital, que ficará sediado dentro do prédio do Apolo 235. Com objetivo de apoiar o empreendedorismo inovador, o foco principal será nas startups e nas micro e pequenas empresas (MPEs), mas não apenas para a concessão de crédito, como também para o suporte para que as empresas possam usar a tecnologia para melhorar os negócios. Inclusive, estão abertas as inscrições para selecionar 10 startups do Recife para se tornarem residentes do Hub de Inovação Banco do Nordeste.

O espaço na capital pernambucana é o terceiro que a instituição inaugura, tendo um em Fortaleza e outro em Salvador. O Hub de Inovação no Recife é uma parceria entre o Banco do Nordeste e o Porto Digital. “Estamos expandindo a unidade de inovação do banco para contribuir com o desenvolvimento regional, com foco nas micro e pequenas empresas, que também precisam de capacitação”, explica Ana Paula Machado, gerente do Hub de Inovação Banco do Nordeste.

Além do acesso às linhas de crédito já existentes, como a FNE, que disponibilizou R$ 3,4 milhões em 2019, e os editais do Fundeci, para projetos de inovação de até R$ 300 mil, as MPEs também em breve uma nova linha de crédito. “Essa será voltada para startups e está sendo desenhada como funcionará, mas será para projetos de até R$ 200 mil. Pernambuco é uma referência em inovação no Nordeste e aqui vai ser um dos estados que mais vai ter acesso à essa linha de crédito porque Porto Digital é um ecossistema maduro e vamos ter uma boa resposta”, complementa.

Espaço vai funcionar dentro do prédio do Apolo 235, no bairro do Recife. (Foto Daniela Nader/ Divulgação)

Startups
Além das linhas de crédito, o Hub de Inovação Banco do Nordeste também tem espaço para abrigar 10 startups residentes no Recife – ainda estão abertas seis vagas para Fortaleza e cinco para Salvador. As inscrições podem ser feitas até o dia 6 de março no site do BNB e o resultado sai no dia 13 do mesmo mês. Cada empresa pode ter até três pessoas, vai contar com a infraestrutura de trabalho e a residência dura seis meses, prazo que pode ser renovado. “Vamos fazer capacitações e promover o acesso dessas startups aos nossos clientes tradicionais, fazer a conexão. Por estar inserido no Porto Digital, existe essa interação. O Hub de Salvador gerou mais de R$ 500 milhões em negócios e a expectativa é conseguir um volume maior aqui”, ressalta Adeval Leite, gerente de Produtos e Serviços do Hub de Inovação.

Outra iniciativa é interiorizar as ações voltadas para inovação. “O trabalho de sensibilização para o interior é necessário e queremos intensificar isso. Temos 40 agências em Pernambuco e temos uma rede de clientes, uma grande capilaridade, então é possível fazer essas conexões no interior também e sensibilizar o segmento das micro e pequenas empresas”, conclui Ana Paula Machado.


 

Deixe uma resposta