Google e alunos em Berkeley e Stanford farão batalha de startups brasileiras


O “Startup Battle” acontece na conferência Brazil at Silicon Valley, realizada na Califórnia (Estados Unidos) em 30 e 31 de março

15 startups brasileiras serão escolhidas para participar de uma batalha de startups em Mountain View, na Califórnia (Estados Unidos). Os negócios escaláveis, inovadores e tecnológicos se apresentarão a um comitê de participantes do ecossistema de capital de risco (venture capital) e empreendedorismo.

A iniciativa, chamada de Startup Battle, é uma competição feita pelo Google for Startups e pela conferência Brazil at Silicon Valley. O evento, montado por estudantes brasileiros em universidades como Berkeley e Stanford, tem como missão conectar o Brasil ao Vale do Silício e acontece em 30 e 31 de março deste ano. Três grandes temas serão discutidos: ecossistemas de inovação; indústrias em transformação; e impacto social.

As inscrições para o Startup Battle vão até amanhã, 14 de fevereiro. Além de responder um questionário, os empreendedores deverão gravar um vídeo de cinco minutos defendendo a participação da sua startup na competição. Os empreendimentos precisam ser originalmente sediados no Brasil; ter uma equipe diversificada em gênero, raça e histórico de trabalho; e encaixar-se em categorias como fintech, agrotech ou retailtech – startups da área financeira, do agronegócio ou do setor imobiliário, respectivamente. Os resultados serão divulgados em 22 de fevereiro.

Os vencedores da batalha de apresentações curtas (pitches) terão acesso a um dos programas do Google for Startups no segundo semestre de 2020. O foco está em startups de estágio inicial, na fase de aportes semente e série A.


 

Deixe uma resposta