Acordo Online traça o perfil do pagador brasileiro


As mulheres representam a maioria entre os pagadores que optam pela negociação pela versão mobile. Um módulo de contraproposta oferece uma opção que resulta em mais 5% de acordos

 A plataforma digital Acordo Online (www.acordoonline.com) de negociação de dívidas – que presta serviço para centenas de credores em todo o Brasil – acaba de concluir um levantamento e traçar o Perfil do Pagador Brasileiro – PPB. O estudo envolve 180.820 consumidores inadimplentes que entraram no site para quitar as dívidas.

“Utilizamos a terminologia ‘pagador’ já que o consumidor, quando entra na plataforma com a intenção de quitar uma dívida, não é mais um inadimplente na nossa concepção”, explica o CEO da Acordo Online, Marcelo Bergasse, sobre a mudança de conceito. O PPB constatou que, em média, 25% dos consumidores que entraram no portal para consultar dívidas chegaram até o final do processo e emitiram um boleto para deixar a inadimplência.

O levantamento mostra que 63,6% dos pagadores são mulheres e 36,4% homens. A faixa etária não diverge tanto entre os sexos. A maioria dos pagadores, que opta por plataformas digitais, está entre 25 e 34 anos e vai decrescendo, tendo uma porcentagem bastante pequena entre as pessoas com mais de 65 anos. “Enquanto os jovens preferem negociar com máquinas, os mais idosos ainda optam pela relação pessoal, mas a tendência é que isso também mude com o tempo”, prevê Marcelo Bergasse.

A versão mobile de acesso ao Acordo Online é a mais utilizada pelos pagadores com 67,3%, seguida pelo desktop com 32,2% e por último os tablets com 0,5%. As mulheres são ainda mais adeptas do mobile com 68,1%, enquanto os homens representam 57,7%.

As cidades com os maiores números de acessos foram São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Fortaleza, Curitiba, Brasília, Recife, Goiânia e, fechando o Top 10, a cidade de Campinas, no interior de São Paulo. No Top 20 ainda estão Porto Alegre, Manaus, Natal, Belém, Campo Grande, Maceió, São Bernardo do Campo, Guarulhos, Aracajú e João Pessoa.

O grande diferencial da plataforma digital de cobrança Acordo Online é o módulo Contraproposta, que foi apresentada, recentemente ao mercado, durante o 13º Congresso Nacional de Crédito, Cobrança e Contact Centers. Com o recurso, é possível aumentar em pelo menos 5% a conversão de acordos. “Conseguimos identificar o pagador que analisou o valor da dívida e as opções de acordo, mas desistiu da negociação no final. O sistema identifica quando ele está deixando o portal e, neste momento, oferecemos o módulo de negociação, perguntando se ele precisa de mais prazo para pagamento, maior parcelamento da dívida ou se gostaria de propor uma contra oferta para pagamento à vista. Esta informação é automaticamente enviada ao departamento responsável que entra em contato com o cliente”, explica o CEO da Acordo Online.

Deixe uma resposta